Jogral de Páscoa 2011

                                           Jogral de Páscoa

Criança 1:     Os espinhos e os cravos os feriam

                     E os seus pés sangravam na agonia,
                     Na multidão, a escanecer, dizia:
                     Desce da cruz! (todos)
Criança 2:     E os seus irmãos, ao longe refletiam
                     Se era melhor fugir ou continuar,
                     Ouvindo os gritos do povo a brandar:
                     -Desce da Cruz!(todos)
Criança 3:     Mas com o olhar perdido no horizonte,
                     Esperando uma aurora vitoriosa,Jesus
                     contempla a multidão ansiosa e:
                     Não desce da cruz!
Criança 4:     Inclina um pouco,sim ,de dor, a fonte
                     Como se fosse agora descansar.
                     A alma estremece o corpo vai tombar:
                     Mas , Não desce da cruz
Criança 5:     Como Jesus, eu tenho nesse mundo
                     A multidão que vive a me rodear.
                     Tudo convida a luta abandonar
                     – Desce da cruz (todos)
Criança 6:     Mas, como Cristo,tornou-se fecundo
                     Quando resistiu a voz da multidão.
                     Alguém lá em cima aperta a minha mão.
                     E não desço da cruz.
Todos:           Hei-de na vida continuar a lutar
                     E dar ao mundo esta esplendente luz,
                     Só quem conserva uma fé resoluta,
                     Nunca desce da cruz!
Carvalho
Porto União.
Anúncios