Dicas aos visitar um recém nascido na maternidade ou em casa.

Cheguei

Cheguei

Ao final da gestação chega a hora de vê o rostinho encantador de um novo ser tão querido e desejado,que passou nove meses protegido dos arroubos de carinho e do entusiasmo desenfreado dos todos, a mãe que, no mínimo está feliz porém cansada.Pode estar ainda com prisão de ventre,seios doloridos e outros desconfortos que não costumam ser revelados,mas existem.

Você tem duas opções para fazer a visita: na maternidade ou em casa.  No parto normal a mãe e o bebê ficam dois dias e no parto cesária 3 dias, aproveite está comodidade.Na maternidade a mãe e o bebê podem contar com a ajuda da equipe de enfermagem, o que deixa a mãe e o bebê descansados.

Em casa, a mamãe estará mais cansada pois o bebê requer toda a atenção dos pais nos primeiros dias. Programe a visita pois é o período de adaptação dos pais com o bebê.  Caso você seja íntimo da família,certamente esta sendo esperado,mas sempre é bom utilizar o bom senso, e seguir as dicas de cuidado com o bebê e a mãe.

Não sendo você uma pessoa íntima,parentes como: avós,titias e titios é bom deixar para uns 30 dias (um mês)depois do nascimento do bebê. Os pais já estarão habituados com a nova rotina e a criança já tomou as primeiras vacinas.

No entanto para íntimos,amigos e familiares o requisito é o mesmo: As visitas devem ser agendadas e lembre-se é um bebê que acabou de chegar ao mundo, precisa se adaptar aos poucos.

A maioria das pessoas não resiste à tentação de pegar o recém-nascido. Até pode, se você perceber que os pais ficam à vontade com isso. É sempre bom pedir a autorização deles, mas nem pense em fazê-lo se o bebê estiver dormindo. Antes do contato com o recém-nascido, é indispensável lavar muito bem as mãos com água e sabão. Ou, se tiver disponível, passar álcool em gel.

O QUE NÃO FAZER  

•Não diga que o bebê está pouco ou muito agasalhado ou critique a mãe (que decidiu usar fralda de pano, por exemplo).

•Não façam comparações do tipo de parto, sobre o peso com que a criança nasceu ou sobre ter ou não que amamentar!

Eu queria MUITO ter tido parto normal mas infelizmente não foi possível… Então, é muito deselegante quando chega alguém (normalmente aquela/e amiga,que  ainda não teve filho ou aquela que gosta de ser a tal) dizendo sobre o tipo de parto ideal, ou comparações com seu filho, etc..!

•Não programe a visita se estiver resfriado, com conjuntivite ou qualquer doença contagiosa.

•Não beije o bebê. Grande parte das doenças é transmitida pela saliva. Também não se sente na cama da mãe.

•Evite ao máximo falar alto ou comportar-se como se estivesse em um evento social e desligue o celular dentro do quarto do bebê.

•Não fotografe o bebê com Flash. E, mesmo sem(Flash), peça autorização aos pais.

• A visita deve ser rápida (cerca de 40 minutos). Lembre-se Bom Senso.

FAÇA SEMPRE

•Ligue antes para saber se o momento da visita é adequado.

•Ofereça-se para sair do ambiente quando a mãe for amamentar, seja em casa ou na maternidade. Pode até ser que ela diga que não há problema, mas é bom deixá-la à vontade nesse momento.

•Esteja disposto a ouvir cada detalhe do parto. Foi um momento importante para os pais e é natural que queiram compartilhar a história.

•Lave suas mãos assim que chegar à maternidade ou na casa. Se possível, use álcool em gel para desinfetá-las.

É SIMPÁTICO FAZER

É pouco visto mais se der leve também, um presente para a mãe, além de uma lembrancinhas para o bebê. Até o nascimento do bebê ela era foco de mimos e atenções. De repente, todo mundo só quer saber se ela tem leite. Um pouco de afago vai melhorar o ânimo materno. Atenção nada de chocolates uma boa é levar um livro sobre cuidados com o bebê ou na dúvida,leve só para o bebê.

É importantíssimo  se  o bebê tiver um irmãozinho, compre uma coisinha qualquer para ele. É difícil para o outro filho entender que só o recém-chegado merece atenção. E não deixe de dar atenção a ele também, claro.

Oferecer ajuda para os pais, colocando-se à disposição se eles precisarem de carona para algum lugar ou comprar alguma coisa no meio da noite, é muito simpático e passa segurança em caso de uma emergência. 

Não fume!!!

Não fume!!!

 

Não fume – nem mesmo antes da visita 

Nem pense em fumar. E a restrição vale para horas antes da visita. Segundo o pneumologista Joaquim Rodrigues, as substâncias do cigarro ficam impregnadas em roupas e mãos dos fumantes. Os resíduos que permanecem são tão prejudiciais quanto a própria fumaça. O contato do bebê com o material tóxico o expõe a uma probabilidade dez vezes maior de adquirir uma pneumonia aguda e ao aparecimento de um fenômeno chamado de hiperresponsividade brônquica – uma resposta exagerada do pulmão desencadeada quando a criança tem uma maior sensibilidade a infecções respiratórias – como bronquite, rinite e otite.

Lembro-me bem do dia em que nós retornamos para casa o pai,eu e Nicolas, foi um dia de alegria,mas o ruim foi que alguns desses cuidados não foi possível ter!!

Levar outra criança? Será que pode?

Ligue antes para a mãe,pois é uma decisão pessoal,mas se você tem intimidade é bom não levar.  Se levar é bom ter certeza que a criança, não está absolutamente com nenhuma doença!

Este final de semana levei Nicolas de 3 anos que está bem de saúde,graças à Deus!! para visitar uma grande amiga e seu bebê na maternidade,foi rápido e tranquilo,levei uma lembrança para o bebê.

Lembre de retira-se  quando chegarem outras visitas, para não tumultuar o ambiente.

Para terminar nunca façam visitas noturnas a não ser que a mãe insista,mas não ultrapasse das 20hs.

De mãe pra mãe!!

Anúncios

4 comentários sobre “Dicas aos visitar um recém nascido na maternidade ou em casa.

    • Oi amiga Silma Matos obrigada pela visita e pelo comentário muito :)feliz, esse tema é rico em informações que para alguns não é seguida talvez até por falta mesmo de conhecimento algo assim,alguns se esquecem que se trata de um ser que acabou de chegar e deve ser muito bem recebido tanto pelos pais,como pelos familiares e amigos,daí a importância de escrever, alertando sobre alguns cuidados. Bjinhosss!!!

  1. Adorei as dicas!!
    Tudo o q vc falou é primordial saber e fazer, mas claro q tem uns sem noção.
    Lembro que uma amiga me visitou e levou sua filha resfriada! Acredite! E ainda queria que eu deixasse segurar meu bebê, ai q raiva!
    Pode ser q alguns façam por inocência, mas quem é mãe sabe da importância dos primeiros dias e todas as dificuldades da nova rotina, bjss

Os comentários estão desativados.