Cuidando e Escovando os dentes

Lembro-me bem, um bebê traz um turbilhão de sentimentos, ter aquele ser,tão pequenino frágil dependendo de nós, e aquela sensação de querer fazer tudo certo, seguindo todos os cuidados,”como tudo isso é bom,sinto saudades”!.

Mas hoje vamos,citar aqui algumas orientações que  lemos,seguimos e queremos compartilhar. Hoje em dias é comum ver  os primeiros dentinhos aparecerem,em bebês, antes mesmo do sexto mês de vida,daí a importância de se preparar para este momento. Os novos dentinhos trazem  desconfortos aos bebês como: irritação,choro coceiras na gengiva, procure obter da pediatra algumas orientações,que ajudam muito neste momento.

Procure ter mordedores térmicos laváveis,que vão a geladeira,eles ficam geladinhos e refrescam a gengiva dos bebês aliviando os incômodos.

Comece a limpar a boca do bebê mesmo antes,do primeiro dentinho nascer, assim ele já vai se acostumando.A limpeza pode ser feita com gaze ou uma fraldinha de pano molhada em água filtrada. Esta é uma boa maneira de habituar seu filho a esse ritual e evitar que ele recuse a escovação no futuro.

 Está é uma dedeira indicada para bebês acima dos seis meses na embalagem a idade recomendada para o uso.

Está é uma dedeira indicada para bebês acima dos seis meses na embalagem a idade recomendada para o uso.

Não é “regra” e cada bebê é um ser único,”lembre-se” o primeiro dente do bebê costuma nascer na frente, na gengiva inferior. O segundo dentinho, em geral, surge depois de duas a três semanas, também na parte inferior. Lembre-se de que, enquanto os dentes estão nascendo, as gengivas ficam bastante sensíveis, então limpe-as delicadamente.

Não deixe de limpar por medo de machucar o bebê, porque, na verdade, esse cuidado diminui infecções na região, gerando alívio.Mesmo se o bebê estiver dormindo, higienize a boca evitando a cárie pós-mamada.É bom saber que uma criança tem cerca de 20 dentes-de-leite,e a dentição se completa por volta dos 2 anos e 6 meses, a 3 anos de idade.

Começamos cedo,seguindo estas orientações e hoje Nicolas com 3 anos e 8 meses faz, deste hábito de escovar  os dentes uma verdadeira brincadeira, procuro até hoje,tornar este momento super prazeroso pra ele,e eu vibro.

É bom também procurar a odontopediatra,para os pequenos começarem a se acostumar com o ambiente de um consultório dentário.

Ainda não levei Nicolas a uma odontopediatra,estamos a procura,mas em uma visita recente que fiz ao consultório dentário,minha dentista, fez um orçamento  na boca dele e nos parabenizou,pelos dentinhos do Nicolas,a mãe coruja adorou né!!.

Brincando na hora de escovar os dentes:

Comece ensinando a criança a escovar os dentes de trás, onde mordemos. Fale que a escova faz como o trenzinho, ou seja, um movimento de vai-e-vem. Em seguida é a vez de fazer rodinhas, ou seja, movimentos circulares.

Depois, vem a vassourinha. A escova varre a sujeira, partindo da base do dente perto da gengiva e indo para cima, em direção à bochecha.

Outra dica é sobre a escova da criança deve ser apropriada à idade, com cerdas macias, cabeça pequena e arredondada. Não use creme dental comum.

Mesmo que a criança tenha aprendido a cuspir,prefira uma marca sem flúor e use em pequena quantidade.

Sempre sem flúor ,essa foi o 1º creme dental do Nicolas e usamos até hoje.

Sempre sem flúor ,esse foi o 1º creme dental do Nicolas e usamos até hoje.

De preferência para as escovas com temas do seu personagem preferido. Não use a mesma escova por mais de três meses ou depois que as cerdas começarem a se separar. Leiam as informações sobre a idade apropriada.

O número de escovações deve ser entre duas ou três vezes por dia. Nessa fase, a criança se alimenta mais vezes. É um biscoitinho aqui, um suquinho ali e sem a higiene bucal adequada, aumentam as chances de cáries,mas nem sempre dar  então o importante é criar o hábito da escovação.

Por que escovar os dentes pode ser divertido.

Por que escovar os dentes pode ser divertido.

E divirta-se com seu filho(a)!! Boa sorte em criar o hábito da escovação!!