Festas Juninas na Escola

As festas Juninas que são promovidas nas escolas têm como principal finalidade a ludicidade.

A festa Junina é uma excelente oportunidade de engajar diversas atividades interdisciplinares e ampliar o universo linguístico,pois se constitui uma temática rica onde podem ser explorados diversos tipos de linguagens,resgate de brincadeiras,culinária típica e outros!

A escola tem um papel importante na valorização das tradições,portanto este projeto integrará a comunidade escolar e ocorrerá todo o mês de Junho.

Entretanto, convém salientar a coerente distancia existente as finalidades educacionais e as religiosas.

Objetivos Específicos

Conhecer a origem e as características das festas juninas

Admirar e respeitar o trabalho do homem do campo
Desenvolver a socialização da criança, incentivando o trabalho em grupo
Ouvir com interesse as informações trazidas pelos colegas
Valorizar a tradição das festas juninas
Socializar com a comunidade escolar e familiar
Desenvolver a linguagem oral e escrita
Ampliar o vocabulário
Estimular a criatividade e imaginação através de atividades relacionadas ao tema
Desenvolver a valorização do homem do campo e de suas atividades
Incentivar o gosto pela culinária junina com as seguintes guloseimas derivada do milho como: pé de moleque, canjica, curau, pamonha, bolo de milho, quentão.
Conscientizar sobre os perigos dos balões e fogos de artifício
 
 
Um critério para a reflexão das famílias é pensar no que restou das intenções originais (por parte dos pagãos e dos católicos) e na intenção de quem hoje promove a festa.
Se a festa promovida, por uma escola ou por uma família, não tem seu foco nos santos católicos, a objeção à participação nela por parte de evangélicos perde sua força. Uma festa em que crianças e adultos brinquem de roda (ou quadrilha) ou cantem músicas antigas, pintem o rosto, vestem-se roupas ditas caipiras e comam e tomem bebidas não-alcoólicas derivadas do milho pode ser apenas uma festa.
Alguns poderão ter outra visão e devem ser respeitados.
Em qualquer das posições, os adultos devem estar conscientes de sua participação ou não-participação. Se pais evangélicos pretendem autorizar ou proibir a participação dos seus filhos nessas festas, eles devem cuidadosamente explicar as razões da concordância/objeção às suas crianças.
Antes de autorizar/proibir, os pais devem verificar com os organizadores qual é o propósito da festa e se certificar do que vai acontecer nela.
 
Porém se os pais,alunos e professores acharem tais atividades firam a consciência de fé cristã. Leia mais aqui.
 
A participação dos pais e familiares é importante para as festas juninas em vários aspectos. Para começar, quando comparecem os pais estimulam a criança e reforçam a auto-estima.Gosto dessas festas escolares pois permite aos pais integração,não perco uma.

As Brincadeiras

Uma das tradições da festa junina são as brincadeiras: pescaria, boca do palhaço, jogo da argola, corrida de sacos, pau de sebo, entre outros. Os jogos juninos são a grande diversão da garotada e podem ser uma boa maneira de transmitir valores de cidadania para os alunos.

 

19d0edfb64288487174dd3187d1044d2

b38b400a7c102283a93ad6129da9cbfa

f2244eb718efddb18374aa78a9aca1f7

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixo aqui um verso bíblico no qual gosto muito,Romanos 14.22 b

 Feliz é o homem que não se condena naquilo que aprova.